"Se pensas que és pequeno para fazer a diferença... tenta dormir num quarto fechado com um mosquito."
Provérbio africano, no editorial da revista "Recicla"

29.5.06

Batalha de São Marcos comemora-se hoje em Trancoso

A Batalha de Trancoso ou de S. Marcos como vulgarmente se chama travou-se a 29 de Maio de 1385 e não a 25 de Abril, convicção que se manteve durante muitos anos.
Todavia, apesar da importante, erudita e conclusiva afirmação do Prof. Doutor Salvador Dias Arnaut, proferida em 1985, o acontecimento vale por si e não pelo dia em que se deu.
Quando Carmen Batle, no seu estudo sobre a batalha, revelou ter encontrado, ou melhor dito, existir no Museu Mars de Barcelona - como nos comunica aquele mesmo investigador - uma lápide no túmulo de um dos capitães mortos nesse mesmo lugar, onde se lê, conclusivamente, que o militar castelhano sucumbira em tal luta a 29 de Maio de 1385, estavam desfeitas as dúvidas e comprovadas as teorias, que desde o cronista Fernão Lopes, a tantos outros historiadores até ao eminente medievalista Salvador Dias Arnaut, sustentavam esta data.
A Batalha de Trancoso foi uma das mais importantes, travadas na Guerra da Sucessão na crise de 1383-1385 que se seguiu à morte do Rei D. Fernando I.
Na sequência das Cortes de Coimbra em Abril de 1385, que proclamara D. João I Rei de Portugal, D. João, Rei de Castela, invadiu Portugal, fazendo entrar parte de seu exército com o objectivo de cercar Lisboa e outra parte numa manobra de diversão, entrou por Viseu, aproveitando o facto de o exército português estar no norte do País.
Os castelhanos foram completamente derrotados em Trancoso, sendo os portugueses capitaneados pelo Alcaide de Trancoso, Gonçalo Vasques Coutinho, pai do célebre Magriço, com a ajuda de outros alcaides de importantes praças da Beira.
Ao todo estiveram envolvidos na batalha de Trancoso mais de 5000 homens de armas.
O desfecho da batalha de Trancoso fez voltar atrás o grosso exército Castelhano, o que permitiu que o exército português pudesse recuperar e esperar os castelhanos em Aljubarrota.
Por proposta do Exército português e da Fundação Batalha de Aljubarrota, com o parecer do IPPAR, foi classificado como Monumento Nacional o Planalto da Batalha de Trancoso, por decreto do corrente ano, o que evidencia a importância histórica deste notável e épico combate em Trancoso. O Dia 29 de Maio é feriado Municipal em Trancoso este dia costuma ser comemorado com diversas actividades realizadas no planalto de São Marcos local que ainda conserva uma capela e onde se comemora esta batalha.
.
Fonte: Proposta de elevação de Trancoso a cidade

5 comentários:

Anónimo disse...

Não há nada melhor que um feriado em que ninguém se lembra o que representa, mas toda a gente dá graças a deus por não ter de trabalhar.

Beijos

Ninive

al cardoso disse...

Ja agora meu amigo o Sao Marcos celebra-se a 29 de Maio ou a 25 de Abril?

Nuno disse...

A Batalha de São Marcos em Trancoso celebra-se dia 29 de Maio e éferiado Municipal.

al cardoso disse...

Referia-me a festa religiosa de S. Marcos.

Anónimo disse...

A festa religiosa não sei , esta festa não é religiosa... mas hei-de pesquisar.

Obrigado,

Nuno