"Se pensas que és pequeno para fazer a diferença... tenta dormir num quarto fechado com um mosquito."
Provérbio africano, no editorial da revista "Recicla"

18.3.07

“Criar conhecimento no Interior do país”

“Quando regresso ao distrito, regresso às minhas origens”, diria Jaime Silva, após a assinatura do protocolo, partindo depois para uma intervenção ao longo da qual vincaria alguns dos aspectos da reorganização em curso nos serviços do Ministério da Agricultura. Pegando no exemplo do LEADER, o Ministro lembrou que esse programa “era de execução em todo o país, mas havia que distinguir o que eram zonas rurais” e daí surgiu a decisão de concentrar as verbas - 160 milhões de euros no anterior Quadro Comunitário de Apoio e 363 milhões de euros inscritos no novo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) - no Interior do país, região à qual o governante quer “dar sustentabilidade”. Nesse sentido, Jaime Silva quer também “dar dimensão aos projectos que possam surgir”, sugerindo ainda que, como forma de atrair os jovens, se passe a falar de “empresários agrícolas” em vez de agricultores.

texto completo em Notícias de Gouveia

4 comentários:

al cardoso disse...

Seria muito bom seria, que muitos jovens se tornassem, a exemplo de outros jovens europeus, "empresarios agricolas". Mas nao creio que seja a diferente denominacao que possa fazer a grande diferenca, o que pode fazer a diferenca e uma mudanca de mentalidades!

Frederico disse...

É por isso que estamos aqui!

Um forte abraço


P.S. Continuo a reflectir sobre a questão da nova escola profissional.

Ricky_cord disse...

A notícia é do Notícias de Gouveia e não do Nova Guarda... a alterar

Vasco Simões disse...

Oiz!
Quando os Holandeses e os Alemães se fartarem do Alentejo (onde exploram as potencialidades agricolas e de que maneira, aproveitando todo o tipo de incentivos) e decidirem subir umas centenas de Kms no mapa talvez vejamos jovens empresários agricolas pelo distrito da Guarda. Até lá não creio! Isso não é para o português... o português é mais requintado...

Abraço!
VS