"Se pensas que és pequeno para fazer a diferença... tenta dormir num quarto fechado com um mosquito."
Provérbio africano, no editorial da revista "Recicla"

10.3.07

Da minha janela eu vejo...




Da minha janela vejo pessoas passar...
Vejo uma imensidão de cor,
desalinhada por entre olhares que não distingo.
Da minha janela sinto vento em segredos,
olho o esboço de baloiços onde outrora estive,
gastos pelo tempo...
Esquecimento. Em bolhas de azul me deito...
Olhando ao longe quem me inventou!
Da minha janela vejo o fogo de ontem.
Vejo o conjunto de um ser que não defino.
Da minha janela sinto o vento sereno e cansado.
Como queria adormecer....

in Pedaços de Mim, Anabela Westwood

Convidam-se os residentes da Beira Interior a enviar para o nosso e-mail, uma fotografia da vista da sua janela.

5 comentários:

samaria disse...

Suponho então que esta é a vista da tua (nossa) janela...

Bom fim de semana
Beijo

ermelinda.morgado disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Frederico disse...

:-)

Grande confusão vai por aí.

Apaguei um comentário e explicarei ao comentador o motivo.

al cardoso disse...

Nao creio que da minha janela tenha um vista tao bonita mas vou tratar de fazer-lhe a vontade!
So que esta minha janela actual infelizmente nao e na "nossa Beira Medieval" e nos states, nao sei se serve?

Um abraco d'Algodres.

Frederico disse...

:-)

Mande lá que depois o Conselho da Censura emitirá um parecer!!!