"Se pensas que és pequeno para fazer a diferença... tenta dormir num quarto fechado com um mosquito."
Provérbio africano, no editorial da revista "Recicla"

25.10.06

Trancoso acolhe encontro do Tribunal Europeu do Ambiente

Uma dezena de personalidades participam a partir de quinta-feira, em Trancoso (Guarda), no primeiro encontro em Portugal do Tribunal Europeu do Ambiente, onde serão debatidos temas que vão desde as questões ambientais à arquitectura, passando pela antropologia e direito.
.
Segundo Emanuel Dimas Pimenta, arquitecto, músico e actual director do Tribunal, será feita uma abordagem transdisciplinar com convidados oriundos de vários países e diversas áreas.
O Tribunal Europeu do Ambiente, com sede em Londres, é uma entidade sem fins comerciais, orientada para a promoção da livre troca de informação, tomando o ambiente como uma questão antropológica.
Trata-se de um organismo que, apesar do nome, não julga causas, nem emite sentenças, que nasceu no início dos anos 90 em Bruxelas com o objectivo de se tornar um órgão vinculativo das Nações Unidas.
O encontro vai trazer a Portugal alguns pensadores contemporâneos, entre os quais o físico Dan Schtchman (que descobriu um novo estado de matéria), o antropólogo indiano Arjun Appadurai (especialista em questões de identidade e violência), o advogado Durval de Noronha (árbitro da Organização Mundial de Comércio), o artista e filósofo Fernando Leal Audirac (México) e o especialista em novos meios David Wilk, que abordará o futuro do papel electrónico.
Durante os trabalhos, serão também apresentados projectos internacionais diversificados na área do desenvolvimento do biodiesel, educação ambiental e poluição, adiantou Emanuel Dimas Pimenta.
Os trabalhos, que decorrem no cine-auditório Jacinto Ramos, «são encontros verdadeiramente históricos, onde pensadores, filósofos, profissionais das mais diversas áreas, artistas e cientistas reúnem-se para uma profunda reflexão acerca das pessoas, dos caminhos percorridos pela Humanidade, do futuro, onde o ambiente tem como signo primeiro o ser humano», refere a organização.
No dia da abertura do encontro, quinta-feira, dia 26, pelas 09:30, o filósofo de arte René Berger, presidente honorário do Tribunal Europeu do Ambiente, participará no encontro em directo de Lausanne, na Suíça, por Internet.
Na sexta-feira, 27 de Outubro, pelas 19:00 será lançado o mais recente livro do economista Lester Brown, intitulado «Plano B 2.0», na sua primeira tradução para a língua Portuguesa.
Antes da sessão de lançamento da obra, pelas 17:30, Lester Brown participará no encontro com uma conferência transmitida em tempo real, de Washington, através da Internet.
Contactado pela Lusa, o presidente da Câmara de Trancoso, Júlio Sarmento, congratulou-se com a realização do encontro anual do Tribunal Europeu do Ambiente no seu município.
«É um acontecimento marcante do ponto de vista nacional e internacional, que projecta Trancoso a nível mundial», pelo facto de reunir participantes de várias parte do globo, disse o autarca.
«Vai haver ligações pela Internet à Bélgica e a outros países do mundo e estou convencido que estes encontros, depois de se institucionalizarem no tempo, vão transformar Trancoso numa pequena Davos (cidade Suiça) à escala do nosso país», considerou Júlio Sarmento.
O encontro internacional é organizado pela Câmara Municipal de Trancoso e pela Fundação para as Artes, Ciências e Tecnologias - Observatório, dirigida pelo arquitecto e compositor Emanuel Dimas Pimenta.
.
Diário Digital / Lusa

1 comentário:

al cardoso disse...

Adorava poder estar presente.