"Se pensas que és pequeno para fazer a diferença... tenta dormir num quarto fechado com um mosquito."
Provérbio africano, no editorial da revista "Recicla"

4.11.06

Obras de remodelação do edifício dos Paços do Concelho devem começar no próximo ano

No próximo ano, a Câmara Municipal de Trancoso espera lançar o concurso público do projecto de remodelação do actual edifício dos Paços do Concelho, um imóvel construído em 1916 no antigo Terreiro de S. João, adiantou ao Jornal A Guarda o presidente da autarquia, Júlio Sarmento.Segundo o autarca, o projecto da intervenção a realizar no edifício, num investimento que rondará 1,5 milhões de euros, está na recta final de execução, tendo já decorrido “várias reuniões com a Câmara e com os serviços, no sentido de dotar de funcionalidade a remodelação interior da Câmara Municipal”.“Do ponto de vista da arquitectura também já foram tomadas as decisões mais importantes”, garantiu o autarca, adiantando que o edifício vai manter as fachadas mas “haverá mais um piso e ligeiras modificações, não no alçado principal, mas nos alçados laterais e posterior”.Júlio Sarmento afirma ao Jornal A Guarda que as obras são uma necessidade urgente: “O edifício tem traça antiga, já pouco funcional, onde foi necessário fazer várias remodelações eléctricas, não só pelo peso das ligações informáticas mas também por questões ligadas à segurança do edifício. É um edifício que não tem ar condicionado ou aquecimento”.O autarca reconhece que “é um edifício a necessitar de obras há muito tempo mas, a Câmara Municipal de Trancoso tem tido uma estratégia de concentrar investimentos em Trancoso e no concelho e, um pouco, deixar para trás a remodelação do seu edifício”. No entanto, admite que “chegou a hora e estou convencido que até final do ano teremos concluído o projecto de arquitectura e de especialidades deste edifício”.“Estou convencido que as questões fundamentais, do ponto de vista da repartição dos espaços interiores, já foram resolvidas. Dentro de pouco tempo estaremos em condições de enviar para o Instituto do Património Arquitectónico (IPPAR), para parecer, o projecto de arquitectura e uma vez aprovado, no próximo ano, adjudicar e concursar a obra”, adiantou.O presidente da Câmara Municipal de Trancoso espera que o projecto seja comparticipado a cinquenta por cento no âmbito de um programa direccionado para intervenções nos edifícios das sedes dos Municípios, tendo para esse efeito já contactado o Secretário de Estado da Administração Local. “Esperamos realizar essa candidatura até ao final do mês de Novembro, de forma a que no final do próximo semestre seja anunciado o contrato-programa com a Câmara Municipal de Trancoso”, disse Júlio Sarmento.Se tudo correr bem, no próximo ano, o autarca espera pôr a obra de reabilitação dos Paços do Concelho a concurso, para que seja executada “nos próximos dois anos”.
.
Jornal "A Guarda"

1 comentário:

al cardoso disse...

Se a obra final ficar de acordo com a foto, tenho que discordar com a cor do edificio trazeiro, mas nesta coisa de decisoes do IPPAR parece que ha coisas que so mesmo os "doutos" tecnicos desse instituto entendem, ou sao eles inteligentes de mais, ou serao os discordantes muito estupidos.

Felizmente na remodelacao do edificio municipal da minha vila, nao se teram metido os tecnicos do IPPAR!

Um abraco de Fornos.