"Se pensas que és pequeno para fazer a diferença... tenta dormir num quarto fechado com um mosquito."
Provérbio africano, no editorial da revista "Recicla"

11.6.06

24 e 25 Junho: Festa da História

Trancoso prepara-se para mais uma edição da Festa da História!
No fim de semana de 24 e 25 de Junho a Vila Medieval de Trancoso despe-se do materialismo moderno e assume a sua vocação medieval.
São dias de grande folia, com visitantes de diferentes origens, que valorizam de forma singular o património arquitectónico da região.



"A recriação histórica que se pretende implica uma viagem ao passado. O burburinho dos mercados populares, os pregões dos quinquilheiros e dos almocreves, os fingimentos dos bobos cruzando-se com as músicas dos trovadores por entre o burburinho da rija populaça debruçando-se nas bancas dos mesteirais, todo um ambiente da feira dos tempos de então, reproduzido por grupos profissionais, alunos e populares ao pormenor mais ínfimo nos trajes e maneiras de tendeiros e demais feirantes. Por entre os bosques densos, surge D. Isabel de Aragão que é esperada por El-Rei D. Dinis, e de todos os lados surgem músicos, trovadores e jograis. E porque a ”fome aperta” é necessário acalmar o estômago, encontram-se por todo o lado as “Tavernas” onde se pode apaziguar a fome e provar um bom vinho."

Não falte!


8 comentários:

Ana disse...

Obrigada pela visita ao meu cantinho! Realmente a cura foi memso na base do aerossol!!!
Estas festas parecem-se ser muito giras! Há muitos anos, participei na recriação das entradas régias de D. João II em Portimão e adorei!!
Beijinhos e boas festas por aí

Frederico disse...

Contamos que seja tão animada como nos anos anteriores!

Um abraço

Anónimo disse...

Esperemos ver todo mundo empenhado e não apenas os mesmos de sempre, os seus cidadãos estão sempre à espera que tudo lhes caia no colo. Ajudem que esta feira seja um sucesso e não fiquem apenas a ver passar o corteja como se de uma simples procissão se tratasse...

chuss

Ninive

Frederico disse...

:-D

...E sabes dizer como é que a população pode ajudar à organização da Festa?

Anónimo disse...

...mostrem-se interessados, perguntem se necessitam de ajuda na câmara ou aos organizadores para a realização e participação do evento...

por exemplo...

E senhor como vai ajudar, ou só vai escrever no blog?

Chuss

Ninive

RCataluna disse...

Festa bonita, pá!

Frederico disse...

Confesso que não tinha pensado no assunto, Ninive!
No ano passado limitei-me a fazer umas fotografias, que estiveram até à pouco tempo disponiveis no Centro Cultural.
Mas, face à tua ideia, vou questionar o Clemente sobre as necessidades de apoio e publicarei neste espaço os oficios disponiveis para a participação no evento.


Um abraço

Nefertiti disse...

´Muito interessante!