"Se pensas que és pequeno para fazer a diferença... tenta dormir num quarto fechado com um mosquito."
Provérbio africano, no editorial da revista "Recicla"

6.6.06

Municipio de Trancoso coloca novo site Online

A Câmara Municipal de Trancoso lançou o um novo portal sobre o concelho e cidade de Trancoso, também tem uma secção de apoio ao Municipe. O novo portal com um grafismo arrojado estende-se pela sua simplicidade e pela consideravel quantidade e qualidade de informação. O site apresenta vários links transformando-o num autentico cartão de visita do nosso concelho, podemos conhecer através dele a história de Trancoso, lendas, as freguesias, também tem varias visitas guiadas ao centro histórico de Trancoso, podemos consultar a agenda cultural e também nos mostra um pouco do equipamento lúdico cultural com horários e contactos. A secção de apoio ao municipe conta com a possibilidade de fazer downloads de requerimentos para algumas licenças assim como consultar regulamentos municipais. A galeria de fotografias têm uma série de fotografias fantásticas de Trancoso. No computo geral acho que o site do municipio cumpre o seu objectivo de mostrar e de divulgar o concelho de Trancoso. Poderá consultar o site oficial através do endereço http://www.cm-trancoso.pt/

3 comentários:

Frederico disse...

Olá Ninive!
Leste o post "Roteiro para a Inclusao (da Beira Interior): Resultados"?

Tens lá uma referência...


Um abraço



PS: Não conheço o caso concreto de Trancoso mas na maioria das vezes os atrasos na publicações de sites institucionais devem-se em exclusivo aos atrasos na disponibilização de conteúdos e na aprovação dos mesmos. Costuma ser isso!

Nuno - www.trancoso.pt.vu disse...

Cara Ninive,

Já é o segundo comentário seu que excluo, agradecia desde já uma maior ponderação e respeito nos seus comentários até que isto é pode ser um espaço de ideias e não de insultos ou de baixo nível. caso contrário terei de convidá-la a não participar neste blog.
Atenciosamente,

Nuno

Anónimo disse...

Caro nuno,

Desculpe se o ofendi a si, as não era meu objectivo, apenas falo a língua bifida que me deram... e às vezes o veneno cospe verdades

Chuss

Ninive