"Se pensas que és pequeno para fazer a diferença... tenta dormir num quarto fechado com um mosquito."
Provérbio africano, no editorial da revista "Recicla"

10.8.06

Solar dos Brasis já foi vendido


O Solar dos Brasis, em Torre de Terrenho, no concelho de Trancoso, foi finalmente vendido. Apesar da transacção ainda não estar completa, por falta de alguns documentos, tudo indica que dentro de um mês o imóvel já esteja nas mãos da empresa "Luso Viagem, Agência de Viagem e Turismo, Lda", com sede em Leiria. Segundo António Oliveira, vice-presidente da Câmara de Trancoso, a autarquia foi consultada por uma agência imobiliária, no início deste ano, por haver um eventual interessado em adquirir o solar. «Mas exigimos que fosse identificado o comprador e fomos informados que se tratava de uma empresa na área do turismo», recorda, adiantando terem sido dadas garantias ao município que a intenção dos novos proprietários é «transformar o edifício numa empresa turística». Um argumento que levou a autarquia a prescindir do direito de opção para viabilizar a transacção. Outra coisa não seria de esperar: «A Câmara não tinha disponibilidade financeira para adquirir ou recuperar o solar», refere, acrescentando que foi dado conhecimento da venda ao Ministério da Cultura por se tratar de um imóvel classificado como Monumento de Interesse Nacional. «A tutela deixou prosseguir, tal como nós», indica António Oliveira, considerando que se o imóvel do século XVI for recuperado será «uma mais-valia para o concelho». No ano passado, "O Interior" noticiou que o Solar dos Brasis estava à venda numa agência imobiliária da Guarda desde Outubro de 2004. Na altura, os proprietários pediam uma avultada quantia, cerca de 800 mil euros. Mas, desta vez, ainda não se conhece o preço pago pelos compradores, que também preferem não revelar mais pormenores porque «ainda faltam alguns documentos», disse fonte da Luso Viagem. O imóvel está classificado pela Direcção Regional de Edifícios e dos Monumentos Nacionais (DREMN), mas encontra-se em elevado estado de degradação há vários anos. Apenas a capela tem sido alvo de algumas reparações por parte daquela entidade. O majestoso monumento guarda inúmeras histórias, tem uma torre, quiçá inspirada no nome da localidade (Torre do Terrenho), jardins com cerca de oito mil metros quadrados e uma capela dedicada a Nossa Senhora da Penha, de estilo barroco, cujo interior está repleto de grinaldas, sanefas e cortinas douradas. O ideal para uma pousada ou para turismo rural, dizia o "slogan" publicitário da imobiliária, que provavelmente, inspirou os novos compradores.
.
Fonte: O Interior

1 comentário:

Patrícia Geraldes disse...

Algumas visitei o solar dos brasis nos últimos anos e pude comprovar esse estado de degradação que, como é óbvio, ía piorando de ano para ano. Lembro-me como se fosse hoje da primeira vez que lá fui e do choque que levei quando vi aquele magnifico espaço no estado em que estava, ainda mais sendo classificado. Se as nossas entidades públicas não fazem o papel delas, só posso esperar que estes novos proprietários assegurem a sua recuperação e integridade. Esperemos para ver.